23º DIA – JEJUM DE ESTER

julho 26, 2016 in Pra Cristina Medeiros

23º Dia – 26/Julho/2016 – MUDAR O DIA DA DESTRUIÇÃO EM VITÓRIA – ET. 7:1-10 – 9:1

ESTA FORCA NÃO NOS PERTENCE

- O inimigo tem uma maneira de agir, e a sua maneira de agir é a intimidação. Mordecai era um homem estrategista de Deus.O inimigo imaginou que a única condição de pará-lo seria tirar a sua própria vida, colocá-lo numa forca e impedi-lo de continuar a ser o homem a quem Deus havia ungido. O inimigo coloca ameaças que são físicas para que venhamos retroceder e entregarmos os pontos e sairmos da nossa posição. Mas, o Senhor deseja exatamente o contrário disso e você é capaz!

- II Cr. 20:17 – Nós temos que tomar posição para vermos o livramento de Deus.
- Hb. 10:38, 39 Is. 1:19 – Quando nós ouvimos ao Senhor em meio à luta, não há possibilidade de retroceder. Satanás reconhece a unção que está sobre você. Somos respeitados no mundo espiritual por aquilo que o Senhor derrama nas nossas vidas.

PORQUE HAMÃ QUERIA DESTRUIR A MORDECAI

1º- Porque ele desprezou a Mordecai - O desprezo de Hamã foi o mesmo que o povo havia dado a Jesus Cristo. Muitas vezes, o desprezo que satanás coloca é por pessoas que se acham superiores. Satanás usa as pessoas. Usou Hamã para desprezar a Mordecai. - I Co. 1:28 – Há uma lei espiritual – Jesus Cristo foi desprezado, para que o desprezo Dele pudesse trazer o livramento. Quantos mais nós formos desprezados, mais livramentos haverá nas nossas vidas. Quando mais o diabo nos quiser colocar no chão, mais Deus vai nos levantar. Quanto mais o inferno tentar nos impedir de realizar a obra, mais Deus vai nos transformar num trator espiritual. A unção que está sobre você é a unção de Mordecai. Conosco só vai acontecer o que Deus quer e o que Deus quer é nos honrar.

2º- Porque Hamã sabia que se ele matasse a Mordecai, não haveria livramento para os judeus – Mordecai era o homem-chave para o grande livramento que viria. Somos homens-chave no plano de Deus. O diabo quer nos matar espiritualmente, porque somos homens-chave no plano de Deus – vamos ser um instrumento poderoso de Deus.

- O diabo não vai matar os nossos sonhos, impedir a nossa caminhada e nos intimidar, pelo contrário, nós vamos esmagar a cabeça do diabo. – Um homem-chave, Deus enche de estratégias do Espírito. Deus pegou os doze apóstolos e os fez homens-chave no plano de Deus. É por isso que muitas vezes enfrentamos uma oposição muito grande.

 - O diabo pensava que matando a Jesus, ele poderia impedir o cristianismo, mas pelo contrário, ele estava antecipando a ressurreição. No nosso pescoço, o diabo nunca vai colocar a corda.

- I Jo 4:4 - Quando o Senhor determina que o milagre vai acontecer, ninguém pode falar contra isso.

3º- Porque o diabo sempre festeja antecipadamente - O diabo sempre festeja na hora errada – ele sempre faz a festa antes da hora. – Ver o inimigo na forca que ele preparou significa que o Senhor transforma a maldição em bênção. – Ne. 13: 2 – A festa do diabo dura só três dias, porque o terceiro dia é o dia da ressurreição – Hoje acabou a festa do diabo, porque o Senhor está transformando a nossa vida, os nossos caminhos. Ver o inimigo na forca que ele preparou quer dizer que o diabo não brinca mais com a nossa vida.

PARA MUDAR O DIA DA DESTRUIÇÃO EM VITÓRIA, DEUS USA ESTRATÉGIAS, COMO:

1º- O inimigo vai morrer na arma e no instrumento que ele tentou usar contra a sua vida - I Sm. 17:45 e 51 – Golias veio contra Davi com uma lança, uma espada. Espiritualmente aquela era a forca de Davi. – Só que há um princípio espiritual e uma lei espiritual imutável contida no ataque de Hamã contra Mordecai, na afronta de Golias em relação a Davi, em muitos momentos da Palavra e nos dias de hoje – O NOSSO LIVRAMENTO ESTÁ NAS MÃOS DO INIMIGO. – Com a espada que Golias usaria contra Davi, Davi cortou a cabeça do gigante. Na forca que Hamã havia preparado para Mordecai, o seu pescoço foi colocado ali. – O que o diabo preparou contra você, Deus vai usar para destruir o diabo. Naquilo que o diabo preparou contra você, Deus vai usar para matá-lo. Deus vai usar as armas do inimigo para honrar a sua vida, o seu povo.

 2º- O Senhor vai nos dar livramento pela graça diante do Rei. - A unção nos faz ter graça. O Rei tinha encontrado em Mordecai um homem fiel. Os apóstolos eram odiados pelos religiosos, porém achavam graça diante do povo. Uma coisa que o diabo não pode tirar de nós é a graça que nós temos. – Deus desvenda os planos do diabo para que nós achemos graça. A graça nos dá livramentos.

3º- Deus coloca em desgraça o inimigo. - A graça do povo de Deus é a desgraça do inferno. I Co. 2:11-13 – A grande diferença entre Hamã e Mordecai é que Hamã tinha o espírito do mundo e estava a serviço do diabo. Mordecai tinha o Espírito de Deus e estava a serviço de Deus. Quem tem o espírito do mundo não pode viver livramentos. Porque há uma lei do livramento de Deus – Deus não livra o sujo.

4º- A arma do inimigo está nas suas mãos. - Is. 54:17 – Esta forca não nos pertence. Assim foi com Mordecai, assim foi na Palavra, assim será com você! – Os homens que lançaram Daniel na cova, morreram nela – Daniel 6:24. – Esta é a nossa verdade – a fornalha, a sepultura, o poço, etc… Só irão nos levar ao lugar da nossa constituição. A forca é o degrau e o trampolim que nos leva a reinar. – A área da tua vida em que você mais tem tido lutas, será a área da tua vida em que mais Deus vai te honrar. Quando esta luta terminar, você estará melhor do que está hoje. – Sl. 57:6.

Declare: Eu recebo o poder da palavra para transformar o dia da destruição em dia de vitória. Profetizo que a forca que me foi armada será usada por aqueles que querem o meu mal. Profetizo um tempo de grandes realizações na minha vida, em nome de Jesus. Amém!